quarta-feira, julho 28, 2010

AGRADECIMENTOS

Estou passando por um momento extremamente difícil. Minha mãe faleceu na noite do último sábado (24/07), e desde então tudo está um caos.  A luta contra a doença durou aproximadamente 1 ano e meio e foi muito dura. Estou fisica e emocionalmente exausta. Minha mãe estava internada no CTI há 4 semanas, e todos o dias nós estávamos no hospital durante todo o horário de visitas. Achava que estava preparada, mas descobri que não. É tudo tão difícil e doloroso (uma dor que parece que não vai passar nunca). Apesar de ainda estar meio perdida, quero muito agradecer a todas as mensagens carinhosas que recebi. Gostaria também de pedir desculpas por não ter respondido (a grande maioria), mas é muito difícil. Amanhã pretendo voltar ao ritmo normal nos meus blogs (sinto tanta falta!), vai ser difícil, mas vou tentar.

14 comentários:

disse...

Adriana, já passei por isso ao perder meu pai. É muito difícil, mas o tempo vai acalmando a gente. Saiba que, embora não nos conheçamos pessoalmente, gosto de você e torço para que você fique bem logo.
Um abraço.

Paty disse...

Drij
vou dizer aqui o que já te disse antes: gosto muito de vc, e com o passar do tempo, vc literalmente entrou na minha vida, e sua família tb! sua filhinha linda, Bibi, seu marido Renato, sua irmã, seu pai, seus sobrinhos! e vc, claroooo! estarão sempre em minhas orações, especialmente agora. Que Deus possa realmente carregá-los no Colo, e tenha a certeza que é isso q Ele está fazendo
beijo grande
Paty

Sofia Oliveira disse...

Oi!Passei aqui pra te desejar muita, muita força! Eu sinto muito e estou aqui pensando em vc!
bjo

Adriana Mello disse...

Dé,
É difícil, não é? Acho que só o tempo mesmo melhora.

Paty,
Muito obrigada! Tenho certeza que vamos ficar bem.

Sofia,
Obrigada!

Camila França disse...

Dri,
Fiquei péssima quando li esse post ontem a noite. Vc é uma garota tão bacana, que a gente acaba se apegando a vc. Minha mãe sempre diz que o tempo cura tudo. Dê tempo ao tempo que td dará certo.

Um beijo grande!
Camila

Flavia Bernardo disse...

Dri,
meus sinceros sentimentos pela passagem de sua mãe.
imagino o quão difícil esteja sendo pra toda a familia. Mas pense que após esse 1 ano e pouco na luta contra a doença, ela agora está descansando.

é difícil, mas o tempo vai passar e a tristeza vai dar lugar à saudade dos bons tempos vividos junto de sua mãe.

fica bem!

bjs
Flavia.

Sra Cy disse...

O tempo é o único remédio para as dores e faltas...
Dê tempo ao tempo!!!
Ja mandei várias DM's pra vc e tenha certeza de uma coisa. Ela está melhor q todos nós.
Volte qd estiver preparada, qd tudo já estiver mais calmo pra vc e para o seu coração.
Vamos estar aqui esperando vc, tá!!Mas com sorriso no rosto, SEMPRE.
Bjs

Carolina disse...

Eu sinto muito mesmo. Como alguém já falou, apesar de não conhecê-la, sinto que sou sua amiga há ~muito tempo. Fique em paz.

Carol

Natalia R disse...

Nessas horas todas as palavras são poucas, mas conte com minhas preces.

Bel disse...

Não consigo nem imaginar a sua dor. Não sei nem o que dizer. Espero que voce e sua familia fiquem bem.

gigi disse...

Sinto muito pela sua mãe é uma dor que nem consigo e quero imaginar...

Vou orar por vc!!!
bjos

Vanessa disse...

Dri... sinto muito pela sua mãe... pela sua dor... estou triste mesmo... nessas horas nem sei o que dizer, acho que cada um tem seu tempo e sua maneira de enfrentar uma perda assim tão intensa... mas sinta-se abraçada! Que Deus te ilumine e te ampare neste momento!

Um beijo grande!

Adriana Mello disse...

Meninas,

Super obrigada mesmo. Ainda dói muito, mas tenho certeza que tudo ficará bem.

Obrigada pelo carinho de TODAS vocês.

Beijos,
Dri

Bruna Brandão disse...

Oi Dri,
É difícil usar as palavras neste momento pra tentar te confortar...mas tenha força e muita fé e sempre que passar pela sua cabeça que você não vai conseguir segurar o peso pense na sua filha linda, no seu pai, e em tudo de bom que a sua mãe sempre representou pra você!
Você é mais forte do que imagina menina!!!
Sinta-se abraçada,um grande beijo!
Bruna Brandão