terça-feira, outubro 19, 2010

DEPOIMENTO: SOU MÃE DE GÊMEOS

Acho que todo mundo tem curiosidade em saber como é ser mãe de gêmeos. Eu mal consigo dá conta de uma, imagina de dois!

Para saciar essa curiosidade pedi a colaboração da minha amiga Cynthia Gallois, cerimonialista da Evento Atual, para relatar a sua experiência.

Fiquem agora com o texto da Cynthia:



A Adriana pediu pra eu fazer um post sobre ter filhos gêmeos, então fiz um bem completinho , desde o dia do exame de sangue?

Qd peguei o resultado do BETA e liguei pro meu médico ele foi logo dizendo:

Se não vier 3, 2 com certeza tem aí...

Quase pirei de tanta alegria e euforia....já pensou 2 bbs q gostosura?

Na 1ª ultra papai foi junto, e o médico ao lado e a enfermeira "cutucando" e nada de ver o 2º saco gestacional, mas ele insistia pra ela olhar direito. Qd ela solta um ACHEI o papai grudou na cadeira.

ERAM MESMO 2 BBS...estávamos grávidos de gêmeos. O sexo eu só fui saber quase com 6 meses pq Catharina não queria mostrar de jeito nenhum, e depois de muito papo com a barriga ela abriu a perna e fechou em 3 seg só pra ter certeza mesmo. Thomás não, no 4º mês ja mostrou o documento.

E a gestação foi mega tranqüila, tão tranqüila q com 7 meses eles nasceram e só fui saber pq no dia da consulta pra fazer toque o meu médico diz pra eu ir direto pro hospital, q nem precisaria fazer o toque, pois as perninhas estavam ali na cara dele...UI...

E ele me perguntando se eu não sentia nada e eu: NADINHA... e estava com 4 cm de dilatação...só eu mesmo!!!

A pior parte foi no dia seguinte saber q a frase INTERROMPER A GESTAÇÃO significava q eles teriam q ficar na UTI até ganhar peso suficiente pra ir pra casa, aí sim meu mundo caiu. Imagina chegar em casa depois de 7 meses carregando os meus bbs e de mãos vazias?

De certa forma papai do céu foi muito bom nesse sentido, pq enquanto eu me recuperava da cesariana, os dois estavam no hospital com mil pessoas cuidando deles e nada iria lhes faltar. E eu poderia dormir tranqüila sem precisar me levantar de 3 em 3 horas para amamentar.

Joguei muito leite fora de madrugada, e acordava com muuuita dor no peito por conta do leite q saia sem poder tirar e levar pra eles...mas enfim saía de casa as 8 da manhã e voltava as 21hs todos os 20 dias. Chegava cansada em casa e já preparava as roupinhas pra levar pros dois.

Nasceram LINDOS e saudáveis. Era apenas pra ganhar peso mesmo. (1,600 e 2,025 gr era muito pouco pros dois)

Qd recebemos alta, a 1ª coisa q eles me ensinaram e carrego até hj pra vida dos dois é ROTINA.

Se vc fizer uma rotina com os dois, vc não terá dificuldades. E é a mais pura verdade, até hj eles tem hora pra dormir, comer, tomar banho...tudo.



Sempre dormem juntos e acordam juntos (e qd isso não acontece eu acordo pra não ter problemas, mas isso é bem raro) então podia descansar a vontade nos intervalos q tudo estava bem.

Os dois mamavam numa boa (Thomás pegou meu peito muito rápido e Catharina foi mais difícil, só com bico de silicone mesmo) e qd um mamava no peito o outro mamava na mamadeira (utopia achar q vc conseguirá amamentar 2 bbs de 3 em 3 horas) um dia ou outro para uma fotografia vai lá...mas 3 horas não são suficientes para produzir gordura para dois bbs.

NUNCA tive babá e muito menos tenho empregada em casa, nunca gostei de muita gente circulando pela minha casa. (minha prima teve trigêmeos e teve uma enfermeira e uma babá para da um, fora a empregada do dia a dia...numa boa 7 pessoas trabalhando dentro de casa eu PIRO)

Minha mãe ficou comigo os primeiros 3 meses e até hj cuido dos 2 sozinha. E não tenho a menor dificuldade pra isso.

A ROTINA em casa permanece desde os tempos de UTI, então não é nada um bicho de 7 cabeças como falam. Se vc acorda pra amamentar 1, vai fazer com 2. Trocar fraldas é a mesma coisa, só demora mais tempo...claro.



O banho é o mais demorado, qd bbs era mais demorado ainda, pq depois do banho de 1 vc tinha q esvaziar a banheira, lavar e começar tudo de novo. Mas fora isso...tirei de letra.

Tb é aquilo, nada de colo o dia inteiro (hj acho até q peguei muito pouco os meus pequenos, deveria ter feito mais vezes, mas e o medo deles pedirem sempre e eu não ter braço pra 2? então fiz isso muito pouco)

Depois veio a fase de andar, e la fui eu tb evitar de dar os dedinhos pra andarem. Como é q seria se os dois quisessem? então NADA DE DEDINHOS.

Tá vendo...tudo é coisa de adaptação e de vc perceber como vc poderá fazer tudo igual para os dois.

Nessa fase de andar eu fiquei mais cansada, se até hj eles dormem cedo (19:30) nessa fase eu ia pra cama as 20hs de tão cansada, pq era o dia todo prestando atenção neles para q não caíssem.

Hj pra mim a fase mais difícil e q tb já não está tãão assim, foi a fase de desfraldar. Pq aí são 2 fazendo xixi no chão o dia todo. Qd vc leva um o outro faz no chão e por aí vai. (a rotina deles é tão igual q até hj fazem xixi juntos e na escola é a mesma coisa, já vieram me contar) então era pano chão pra limpar o xixi e pano com produto pra limpar o chão e tirar o odor de urina..já pensou? e tudo isso SOZINHA sim!!

Passear? não gosto de shopping então vamos muito pra rua, pra parquinhos, pracinhas.

Festinha qd é no play, vou sozinha com os dois, sempre tem alguem q olha um qd o outro resolve correr. Mas festa em buffet infantil SEMPRE tenho q ir com o papai ou com minha mãe, claro...pq tem muitas atrações, e aí não dá pra olhar os dois pq querem correr o tempo todo. (acho q essa é a unica hora q dependo de alguém)

Na hora dos passeios, não posso dar um passo q não pára uma pessoa pra falar deles, no início era mais chato pq eles choravam querendo passear e as pessoas ficavam em cima. Mas hj já riem pras pessoas. (eu é q fico de saco cheio) Me acho um ET qd saio com eles, pq ficam rindo pra mim, com uma cara...eu heim... SÃO APENAS RUIVOS GÊMEOS E CASAL...oras

SEMPRE saí com eles sozinha, de carro, na rua....teve uma vez q fui nem me lembro onde. Qd desci do carro e armei o carrinho duplo o rapaz do Valet perguntou cadê a enfermeira ou baba. E eu disse q não tinha..ele me olhou com uma cara....pq achou estranho (no mínimo só deve ver bb com baba e enfermeira junto né)

A bolsa é grande, claro...e já até coloquei aqui no blog da Dri como é a mochila hj. Antes qd eram menores era mais cheia de coisas q até fiquei com vergonha de colocar...rs

Eles foram pra escola com 1 anos e 8 meses, mas foram pq eu achava q era importante pra eles, nem foi por uma questão de tempo pra mim. Na verdade sinto a maior saudade deles, do silêncio da casa...rs..

Pq eu pensava: 90% das mulheres hj trabalham fora e os filhos vão pra escola, e com isso rola um desenvolvimento. Se eu colocar meus filhos na escola mais tarde, eles ficarão atrasados com relação aos outros. Pq eu não saberia a hora de desfraldar, a hora de ensinar a segurar o lápis, a hora de pintar, de ensinar as cores e números (tudo isso eles fazem hj e muito bem).

Então achava q precisariam de um incentivo. E vejo q foi a melhor coisa q fiz. Pq eles estão suuuper desenvoltos e eu fico muuuuito feliz com eles.

EU? continuo a arrumar a casa (faxina só de 15 em 15), passadeira eu tb tenho de 15 em 15 mas as roupas deles eu faço questão de passar..e ainda trabalho com a EVENTO ATUAL sendo cerimonialista.

Mas sei q tudo isso não aconteceria se não tivesse um SUPER PAI comigo, pq o meu marido é pra lá de presente e me ajuda muuuuuito. Até fica com eles sozinho qd tenho evento nos finais de semana.

Filhos gêmeos não dá trabalho, até pq eles brincam juntos, conversam, riem juntos...e filho único já pede sua atenção o tempo todo, afinal de contas ele não quer ficar sozinho né?!?!



Cynthia, super obrigada pela sua colaboração com blog! Beijos

12 comentários:

Sra Cy disse...

ADOREI....rs
Obrigada pelo post, é uma forma de divulgar q ter filhos multiplos não é nada um bicho de 7 cabeças...rs

Natalia R disse...

A Cynthia tá de parabéns. Criar gêmeos sozinha é acima de tudo um ato de coragem (ou de amor). E as crianças são lindas!

Carolina disse...

Me acabei de tanto chorar. Parabéns, Cynthia. Vc é um exemplo.

Bel disse...

Eu acho que não daria conta de 2 sozinha. A Cynthia é uma heroína.

Renata Rainho disse...

Lindo o post Cy.
Eu tenho sobrinhas gêmeas e sim é um saco no começo todo mundo em cima. No caso delas as pessoas querem saber porque elas não são idênticas, af será que é tão difícil alguém entender que mesmo sendo g^meas e meninas elas não tinham que ser obrigatoriamente idênticas... mas agora já me acostumei, elas têm 14 anos.
bjoka

Bibi disse...

AMEI!!!!! Meu sonho é ter um casal de gêmeos! Que presente de Deus!!! Bjs!!!

Flavia Bernardo disse...

Adorei!! eles são lindos, puxa vida!!

Mãe disse...

Estou sem palavras...

Se um já é uma aventura imagina 2, 3, 4?

E neste momento vemos de fato os amigos... é muito importante a participação da família, do pai, dos avós...

Como sempre... adorei o post...

Att,

Mãe

Sra Cy disse...

Meninas...
Obrigada meeeeesmo pelo carinho viu!!!
É o q eu sempre digo: SÓ QUEM TEM SABE COMO É BOM D+++++

Bianca disse...

Gente, como assim, sozinha? Ela falou que tem o super pai também...Eu também admiro muito a Cyntia e o marido pelo fato de criar gêmeos sem babá: parabéns, Cyntia! Eles são lindos demais!
Eu achei demais você desmistificar essa histórias de que pra cuidar de gêmeos tem que ter babá. Muito legal a sua iniciativa de sair sozinha com os dois.
Bjs.

Vanessa disse...

Que lindo post! Amei! Cynthia, vc está de parabéns! Eu tenho 3 meninos, não são gêmeos, e sei como é...
Eu também nunca tive babá ou enfermeira... conto com meu marido e minha sogra, só. Acredito que isso é muito importante pra eles e faço questão que seja assim... também os coloquei na escola como incentivo e acho que foi muito bom... concordo com vc em tudo!
Ser mãe é muito bom e eu sempre quis aproveitar tudo!

Parabéns mais uma vez!!!

Beijos!

Paty disse...

CY

sempre q estive aqui, no site, acho q já tem uns 2 anos, via vc postando coisas interessantes, boas idéias..e já te admirava.
Admiração, simpatia( e até antipatia..rsrs) logo de cara( aliás, aqui até é pela net, quem sabe um dia a gente se conhece né?)..foi imediata..
é aquele velho dito popular:" fui com a sua cara, de cara"..rsrrs
pela maneira gostosa q vc fazia seus comentários aos posts ..e porque sonho, sonho mesmooooo em ter gêmeos..
na família do meu marido tem muitossss casos, na minha, nem tanto..
então, qdo fiquei sabendo q vc tinha gêmeos( através dos seus comentários, aqui, no pp blog)..nossa, daí que me identifiquei mesmo.
se isso vai ou não acontecer na minha vida, não sei!
Mas seu relato, de maneira leve( mesmo falando das dificuldades e da disciplina necessária) me encantou!
parabéns pra vc, pelos filhos lindosss q vc tem, pelo marido companheiro e maravilhoso q está ao seu lado..enfim, parabéns pela disciplina q vc conseguiu ter na rotina com a vinda dos bebês, mas uma rotina alegre...rígidez com amor..tudo na medida!
ameiii
super beijoca!
e , Dri, parabéns pela iniciativa em convidar a Cynthia pra vir aqui...