quarta-feira, junho 27, 2007

OS PRIMEIROS CONVIDADOS PARA JANTAR

Na semana passada, meus pais e uma tia querida, vieram jantar aqui em casa. Como eles eram nossos primeiros convidados oficiais para um jantar, eu e o Renato estávamos um pouquinho tensos.

Meu pai trouxe umas garrafas de prosecco que sobraram do meu casamento para termos aqui em casa e trouxe também uma garrafa de vinho tinto para bebermos durante o jantar.

De entrada fiz uns canapés de cebola ao forno (receita da minha irmã) que todos adoraram e uns canapés de salaminho, apesar dos protestos da minha irmã que insistia em dizer que canapé de salaminho é muito brega. Mas o que me importava era o fato de o meu pai ter verdadeira paixão por salaminhos e não se era brega ou chique. Fiquei mega feliz, pois as entradinhas fizeram um sucesso danado! Todo mundo comeu e elogiou, não sobrou nadinha!

Como prato principal, o Renato preparou sua especialidade: talharim ao molho de tomate e manjericão, que estava delicioso, diga-se de passagem. De sobremesa, sorvete mesmo. Mas no próximo jantar que fizer aqui em casa, pretendo me organizar melhor para poder fazer tudo com calma. Quem sabe assim sobra tempo de preparar uma sobremesa?
Mas o que realmente importou foi ver a felicidade da minha família ao ver a minha felicidade! Eles sabem que estou vivendo um momento mágico. Aliás, desde que conheci o Renato, tudo virou mágico na minha vida. Passei a acreditar em coisas que não acreditava. É tão bom quando encontramos alguém que nos complete. Desde que começamos a namorar, eu e o Renato viramos um só. E agora com o casamento, ficamos mais unidos ainda. Ai, gente é muito bom! Ficar junto de quem a gente ama, dormir todo dia abraçadinho, acordar juntinho... Minha família, é claro, percebe o tamanho dessa felicidade. E por isso saíram daqui tão felizes! Quando chegaram em casa, meu pai me telefonou para dizer que tudo tinha saído perfeito e que eles tinham adorado tudo. Pude perceber a emoção em sua voz, só não sei se ele percebeu a minha.
P.S: Infelizmente esquecemos de tirar fotos do jantar.

9 comentários:

Izabel Pena disse...

Hummm... Depois quero a receita desse canapé de cebola ao forno. Eu amo isso!

Mari disse...

Eu acho que os pais ficam tão ou mais contetentes que gente nessa fase.

Patrícia disse...

Eu tb quero essa receita!

Simone disse...

Adriana, seus posts andam tão emocionantes ultimamente.

Virgínia disse...

Essas primeiras visitas são uma prova de fogo! Recebi meus sogros e um casal de tios do Guto em casa. Passaram 5 dias aqui... até bolo eu fiz! HAUHAUAH Depois mandaram um e-mail (os tios) agradecendo a acolhida. Espero que tenho realmente gostado. Bj

grazi disse...

quero ver fotinhos do ap,pois ja me sinto da sua familia. bjos

renata disse...

Dri, o texto tava tão gostoso que até te perdoo de não tirar fotos.

Brega é comer o que não gosta!

Aproveitando, vou comentar seu comentário do blog da Cata, se vc for fazer receitas: bolos, etc vai gastar seu um kilo de açúcar muito antes que a gente kkkkkkk

bjo

renata rainho

ps um pouco atrasada mas sempre acompanhando

Aline disse...

Concordo com a Renata. Esse texto tava delicioso!

Mas fique sabendo que tb quero essa receita do canapé de cebola.

M.CLARA disse...

MUITO BONITO SEU RECONHECIMENETO PELO TRABALHO DO SÉRGIO. ISSO É COISA RARA NOS DIAS DE HOJE.