segunda-feira, fevereiro 11, 2008

CHECKLIST: IGREJA


Cerimonial: Sérgio Felipe Ferraz CoutinhoSerá que eu ainda preciso falar mais sobre ele? Foi um dos melhores profissionais que contratei. É a pessoa mais calma e paciente de todo o universo. Sem falar na competência. Super recomendo! Tem gente que não acha essencial contratar cerimonial para igreja, mas para mim foi fundamental.

Igreja: Nossa Senhora do BonsucessoFica no Centro do Rio (atrás do Museu Histórico Nacional). Depois de muito procurar, me apaixonei por essa Igreja! Além de linda ela me transmite uma sensação enorme de paz. Vive de portas fechadas. Para visitá-la precisa tocar a campainha e pedir para quem atender mostrar a Igreja. Outra dica é ir aos sábados, pois como sempre tem casamentos, você pode conhecer a Igreja decorada. Os únicos pontos negativos são as multas. Lá tem multa para tudo! A música só pode ser feita com o maestro de lá, caso a noiva queira levar outros músicos, é necessário desembolsar R$ 400,00 e por aí vai. Multa para levar decorador, taxa para poder usar o tapete vermelho maior... Mas vale muito a pena! Não consigo imaginar outro lugar que eu quisesse casar.

Celebrante: Frei José PereiraBatizou minha afilhada, Isabella, há muito tempo atrás. Como ele fala bem! Os comentários impagáveis em off que ele fazia durante a cerimônia, me fizeram dar boas gargalhadas. E sem falar nos votos personalizados, lindos de morrer! Emocionou a todos.

Padrinhos: 12 casais (6 de cada lado)Ainda bem que a Bonsucesso comporta esse número todo de padrinhos sentados, senão os homens teriam que ficar em pé. Não escolhi cores de madrinhas, pois quando sou convidada para ser madrinha, odeio essa imposição da noiva e sem falar que seria mais um problema para eu resolver. Para vocês terem uma idéia, nem as cores dos vestidos das mães (minha e do Renato) eu proibi que as madrinhas usassem. A única coisa que estipulei foi o longo. Mas isso é uma opinião muito pessoal. E além do mais, eu tinha mais o que fazer do que ficar coordenando cores de vestidos de madrinhas! Eu não nasci para isso não, viu?! A roupa dos padrinhos foi fácil, mandei todos alugarem na Só a Rigor.

Damas e Pajens: ao todo eram 10 crianças das mais diversas idades
O cortejo ficou lindo! Particularmente, adoro cortejos longos! Para as meninas, mandei fazer uns vestidos lindinhos na Penha Albuquerque. Ficaram muito graciosos! A minha sobrinha ( mais velha do que as outras meninas) que levou as alianças, usou um vestido feito por uma costureira em SP, mas não lembro o nome. Os buquês e os arranjos de cabelo das crianças foram feitos na Edla Barros (nota 1000!!!!). As roupas dos pajens foram alugadas na Só a Rigor. Ficaram lindinhos também.

Decoração: Leonardo AraújoAlém de ser um profissional de uma competência exemplar, é uma pessoa com um coração enorme! Tudo o que ele puder fazer para ajudar os noivos, ele fará. No início, eu queria decoração da igreja toda branca. Aos poucos ele foi me mostrando que talvez todas as flores brancas, ficaria um pouco sem graça na N.S. do Bonsucesso. Foi ele quem me convenceu a misturar um pouco de rosa ao branco e fazer algo um pouquinho mais moderno do que imaginava. E não é que ele tinha razão? O resultado foi só elogios! Sei que sou um pouquinho suspeita para falar, mas a igreja ficou realmente linda! O Léo é outro profissional que não me canso de recomendar.

Iluminação: rssistemasO resultado ficou maravilhoso!

Carro da noiva: Mercedes PrataMas sabem que nem lembro onde aluguei? Só lembro que foi indicação do Sérgio (óbvio). Mas o que realmente importa é que fiquei muito satisfeita O carro era novinho em folha, motorista super educado, chegou bem mais cedo do que o combinado e ficou até o fim da festa.
Seguranças: Hércules
Foram ótimos!

Música da Igreja: Murillo LouresEu sou muito chata nessa questão de música. Acho a música um dos fatores mais importantes da cerimônia. Acho que ela pode tornar o casamento lindo ou horrível, não tem meio termo. Para mim, a música é uma das coisas mais emocionantes em um casamento. Quem nunca se emocionou com uma “Ave Maria” na hora da benção das alianças em casamentos de estranhos?
Claro que sou suspeita, mas considero Os Violinos Mágicos de Murillo Loures um dos melhores do Rio. E eles trabalham muito bem. Você forma o grupo de músicos como você quiser. Pode ser um violino até uma orquestra sinfônica. O meu grupo era composto por:

4 violinos
Violoncelo
Contrabaixo
Flauta
Trompa
Trumpete
Teclado
Tímpanos
Bateria
8 cantores
1 regente

Fechei com eles com um ano de antecedência, pois queria muito que eles fizessem o meu casamento.
Como sempre curti muito música clássica, escolher as músicas foi diversão para mim! Tenho inúmeras músicas em meu computador. Faltando umas três semanas para o meu casamento, eu e o Renato nos reunimos com o pessoal do Murillo para comunicar as músicas escolhidas. O cortejo ficou da seguinte forma:

Padrinhos: Jesus Alegria dos Homens de Bach (coro)Até pensei em sair do tradicional e botar uma música mais alegre e até tinha escolhido uma nessa linha. Mas mudei de idéia.

Mãe da noiva com o Pai do noivo: Cantante Domino de Haendel (coro)Foi sugestão do pessoal do Murillo. Eles me contaram que as mães geralmente amam essa música. Adorei o resultado! Combinou perfeitamente com a entrada da minha mãe na Igreja.

Noivo com a mãe: As Bachianas número 5 de Heitor Villa-Lobos (soprano)O Renato sempre foi apaixonado por essa música e sempre expressou um desejo de entrar com ela na igreja. A soprano tinha uma bela maravilhosa! Ficou lindo!

Damas e Pajens: Primavera de Vivaldi (orquestra)Sempre achei perfeita para a entrada das crianças. Foi uma das músicas mais fáceis de escolher. Nunca cogitei outra.

Dama maior com as alianças: Divertissement de Saint-Preux (orquestra)Sempre achei essa música deslumbrante! Mas não sabia onde encaixá-la. Penei até perceber que ela ficaria perfeita na entrada da minha afilhada com as alianças (que entrou antes de mim).

Noiva: Pompa e Circunstância de Elgar (coro)Acho a Marcha Nupcial linda de morrer! Mas Pompa sempre me emocionou mais. Quando o coro começa a cantar é de arrepiar! O próprio Murillo expressa seu favoritismo por essa música. Mas sinceramente? Acho que música depende muito da emoção de cada um, então a noiva deve escolher aquela que mais a emociona. Mesmo que essa escolha fuja do convencional. A música da entrada da noiva tem que ser importante para ela própria e para mais ninguém.

Cerimônia das Alianças: Ave Maria de Gounod ( soprano/orquestra)Nessa hora não tem jeito. Segurar o choro é muito complicado.

Benção Nupcial: Noturno de Chopin (orquestra e os fundos)
Linda demais!

Assinatura e Cumprimentos (Pais e Padrinhos): Glória de Vivaldi (coro)Essa é fora de série!!!! Quem ainda não conhece, trate de conhecer. Apesar de toda pesquisa que estava fazendo, não conhecia essa belíssima canção. Conheci no Murillo. A versões que tem no emule não fazem jus a beleza dessa música. Mas é importante dizer que o coro tem um papel fundamental, a versão apenas instrumental perde muito.

Saída: 9ª Sinfonia (Ode á Alegria) de Beethoven (coro)Nunca tive a menor dúvida que sairia com essa música. Foi a escolha mais fácil que fiz. Acho linda de morrer!!!! Gosto tanto dessa música que quase a escolhi para a minha própria entrada.






7 comentários:

Simone disse...

Não me canso de repetir que esses checklist tem sido de enorme ajuda. Já baixei todas as músicas que vc citou. Adorei Divetissemente e Glória!

Pri disse...

Também adorei as dicas de músicas. Assim que chegar em casa, vou baixar. Conta para gente como vc conseguiu 10 crianças?

Anônimo disse...

Adoro suas dicas, salvo todas elas. Na época do seu casamento vc tinha dado a lista das músicas e eu baixei todas para conhecer. A da entrada da sua sobrinha realmente é linda, não conhecia e foi uma bela surpresa!
bjs
Bia

Adriana Mello disse...

Simone, Pri e Bia - Fico muito feliz que vocês estejam gostando! Obrigada!

Bia - "Divertissement" é linda mesmo!

Beijos

Izabel Pena disse...

É por isso que amamos esse blog!

Patricia disse...

Dica de música sempre é bem-vinda.

Aline disse...

Achei o máximo seu marido ter entrado com uma música de Villa-Lobos. Me indicaram o Murillo, e marquei uma reunião para quinta, vamos ver.