quarta-feira, março 31, 2010

ALIMENTAÇÃO


A Carolina pediu para que eu fizesse um post falando de como é a alimentação da Bibi. Achei que seria interessante e decidi fazer.

Quando estava grávida, todo mundo me falava que a amamentação é a coisa mais natural do mundo. De acordo com essas pessoas, quando a Beatriz saísse da minha barriga ia saber direitinho o que fazer. O problema é que esqueceram de combinar com ela isso. Os primeiros dias de amamentação foram traumáticos. A menina não conseguia mamar de jeito nenhum! E eu explodindo de tanto leite! E eu só pensava: "Nas propagandas do Ministério da Saúde é tudo tão simples". Eu acredito que para algumas mães é simples e descomplicado mesmo, mas para outras é bem diferente. Nos primeiros dias, não teve jeito, teve que tomar complemento. Eu me sentia a pior mãe do mundo! Mas graças a dedicação das enfermeiras da São José e do meu pediatra, que não me deixaram desisitir, tudo deu certo. A cada dia após o outro, ela mamava um pouquinho mais e com uma semana de vida, não precisou mais tomar complemento. Ela demorou, mas depois que aprendeu, parecia um bezerrinho de tanto que mamava! A cada duas horas ela pedia para mamar, só a noite que não (quem acompanha o blog sabe a coisa que minha filha mais ama fazer é dormir). Desde então, nunca mais tive problemas.

A partir do 6º mês, os alimentos foram introduzidos ao poucos. Ela aceitou numa boa! No fim do 8º mês, ela decidiu que não queria mais mamar. Fiz de tudo para ela continuar mais um pouco, mas ela não quis de jeito nenhum! Nessa fase, ela só tava mamando duas vezes por dia, mas queria ter continuado um pouco mais, mas não foi possível. O pior foi que eu ainda tinha MUITO leite e empedrou tudo. Resultado: peguei uma mastite horrível! Bom, fiz essa introdução para as pessoas que não acompanham o blog poderem entender um pouco de como foi todo esse processo.

Hoje em dia a alimentação dela é o mais simples possível. A alimentação da Bibi no dia a dia funciona da seguinte forma:

- Eu a acordo uma 8 da manha (se eu deixar, ela vai até as 11:00) e toma uma mamadeira de leite Ninho +1 e vai para a pracinha brincar com os amiguinhos.

- umas 11:00, ela volta, toma banho e almoça. O almoço é composto por:

bife de alguma carne magra ou filé de peito de frango ou fígado bovino ou fígado de galinha ou carne moída  ou peixe. É importante variar bem, para a criança não enjoar.

. arroz ou macarrão com caldo de feijão

. legumes

Sobremesa: fruta (ela ama todas!) ou papinha ou gelatina

Depois do almoço ela dorme. Quando dá umas 15:30, ela acorda lancha uma fruta e vai brincar na praia. Quando volta, toma banho e janta as mesmas opções do almoço (sempre variando). Depois do jantar, ela brinca mais um pouco com os brinquedos dela, vê Discovery Kids e fica comigo e com Renato ganhando muito beijo. Antes de dormir toma uma mamadeira de Ninho +1.

Como falei, é tudo muito simples. Ela aceita tudo numa boa! Não cria problema para comer. E vocês como funciona a alimentação do seus bebês?


9 comentários:

Mrs_Dalloway disse...

Nossa!!! Meu sonho é que meu filho tbm ame dormir e eu não precise acordar a noite para ele mamar! rs8
Mas parabéns!!!! a sua filha está com uma alimentaçao otima!!!!

bjs

Adriana Mello disse...

Nesse aspecto, eu não posso reclamar. A Bibi sempre dormiu muito!!!!

Beijos

Adriana Mello disse...

Nesse aspecto, eu não posso reclamar. A Bibi sempre dormiu muito!!!!

Beijos

Carolina disse...

Super obriagad, Dri!

Mariii disse...

ahhh vo rezar pro dimi ser assim hahaha queria te perguntar dizem que quando eles taum na abrriga o maior tempo de mvoimento deles será na vida depois que sairem tb!

tipo o dimitri se mexe MUITOOOOOOOOOOO AS 3 DA MANHA, ai dizem quye provavelmente estes será o horario que ele mais nserá ativo...

com sua bb foi assim?
teve algo a ver? srrsrs

to deseprada imaguina este menino eletrico as 3 da manha shausah

Adriana Mello disse...

Marii,

Juro que nunca ouvi fala disso!!! A Bibi se mexia o tempo inteiro! Toda hora!!!! No fim da gestação morria de medo que ela rompesse a bolsa de tanto mexer.

Não pensa nisso não. Veja o meu caso, ela não parava de mexer na barriga e sempre dormiu bem.

Luciana disse...

Que rotina boa, essa da D. Beatriz!!!
Ela vai ganhar ovinho nessa Páscoa?
Bjs

Camila disse...

Olá Adriana, sigo a pouco tempo o seu blog, e adoro! Para lhe confortar lhe digo que meu filho e eu também tivemos vários problemas no início da amamentação, mas com a minha insistência e a ajuda de uma consultora em aleitamento materno ( sim isso existe!!rsrs) ele mamou até o início do 6 mês.Largou por iniciativa prõpria, como sua filha e eu também ainda tinha bastante leite e fiquei frustada...mas hoje ele está com 8 meses e come todas as papinhas e frutas que ofereço.
Beijos de uma mãe apaixonada por seu bebê, Camila

Adriana Mello disse...

Oi Camila,

Obrigada! É muito essa história deles pararem sozinhos é muito doida, né? Simplesmente, els decidem que não querem mais e pronto. Eu não sei se acontece com vc de algumas pessoas dizerem que essa história deles pararem sozinhos não existe. Como assim?! Seu depoimento só reforça o meu.

Beijos